Novidades, dicas e artigos

Comunicação acessível na internet: como aderir!

 

No Brasil, são 45 milhões de pessoas com deficiência. Porém, infelizmente, grande parte da Internet não está preparada para receber esse grande público. Afinal, por que acessibilidade na web é cada dia mais vital?


Para muitos, a Internet é sinônimo de praticidade. Afinal, com poucos cliques é possível alcançar o que antes demandaria o triplo de tempo e energia.

Infelizmente, esse ainda não é o caso para todos os usuários. Para pessoas com deficiência, as barreiras online podem ser tão desafiadoras quanto na vida real.

Porém, todos podem ajudar a reverter esse quadro. Qualquer organização pode ter canais digitais acessíveis para todos os públicos.

Pessoas com deficiência podem acessar a web, desde que os sites ofereçam uma boa experiência. Descubra aqui algumas razões pelas quais é vital aderir à inclusividade nas redes:

Por que as empresas devem aderir à acessibilidade na web?

1. Ampliação do público

Pessoas com deficiências têm ambições e querem fazer parte de diversos públicos.

A inclusão deve existir em todos os setores — porque certamente há demanda. Para empresas, a acessibilidade não é sobre “sanar o problema” do outro. Ao invés disso, é sobre abrir os olhos para uma oportunidade que está sendo perdida.

Na Internet, soluções simples e de custo mínimo levam à inclusão e aumento da audiência. A descrição de imagens é uma medida essencial, e que pode ser feita nas redes sociais facilmente.

O leitor de telas é um software comum entre pessoas com deficiência. Ele realiza a leitura do que está na tela, desde que o item selecionado possua uma etiqueta que o descreva. Caso contrário, o leitor não reconhece o elemento ou imagem.

Por isso, o Facebook disponibiliza os Textos Alternativos, onde o usuário cria uma descrição será a “etiqueta.” Para quem não o utiliza, o texto fica oculto.

A simples ação de adicionar descrição de imagens garante a inclusão de 6,5 milhões de pessoas*1

Infelizmente, poucos apps e jogos contam com acessibilidade, criando uma barreira para parte de sua audiência. No caso dos games, muitos ainda bloqueiam os comandos das ferramentas que pessoas com deficiência usam para adaptar a jogabilidade.

2. Diferenciação na identidade da sua marca

Inclusão é um posicionamento. Ao apostar na comunicação acessível, a empresa está se colocando a favor dos direitos das pessoas com deficiência.

Até dois terços dos consumidores preferem gastar com marcas que se posicionam sobre assuntos importantes para eles. *2 Ao demonstrar empatia, você torna seu negócio mais humano aos olhos de todos.

Por isso, a acessibilidade na web acaba saindo das telas. É preciso engajar a equipe a fazer parte do processo de transformação.

Quanto mais cedo a inclusão for aderida ao seu projeto, menor o custo e melhor o planejamento. Além disso, é fundamental envolver pessoas com deficiência na fase de testes de sites e aplicativos

3. Criar uma internet melhor para todos

Desde a programação, os padrões de inclusividade digital já provaram ser uma base sólida e de excelência. Ao pensar em comunicação acessível, o produto final acaba por trazer benefícios para todos.

Por sua versatilidade, várias ferramentas de acessibilidade são úteis para pessoas sem deficiência. Além disso, permitir a entrada de mais pessoas na comunicação digital produz mais inovação.

Um exemplo disso é a otimização dos feedbacks de navegação. Esse é o nome dado para o que acontece quando clicamos em algo na tela e recebemos uma resposta. Pode ser um aviso de erro, de sucesso ou até mesmo uma nove janela.

O fato disso ocorrer apenas visualmente, com cores e imagens, cria dificuldade para quem possui deficiência de visão. A necessidade de “caçar” esses feedbacks torna processos longos, como compras, frustrantes.

Ferramentas que encurtam o processo de compras para pessoas com deficiência também podem ser desfrutadas por quem não possui deficiência. Afinal, todos estamos cansados de anúncios chatos e verificações desnecessárias.

Quanto mais barreiras derrubamos, criamos alternativas. No final das contas, acessibilidade é a porta de entrada para a produtividade.

A acessibilidade digital é um processo. Na Adaptlink, nos comprometemos a melhorar mais a cada dia, com ações de inclusão que fazem a diferença.

Iniciamos nosso projeto de comunicação acessível através da descrição de imagens em nossas redes sociais. Queremos que nosso conhecimento alcance — e inspire — ao máximo.

Afinal, acreditamos que a tecnologia é uma ferramenta capaz de criar oportunidades. Para todos.

< Voltar

Fale conosco!