Novidades, dicas e artigos

Você sabe quais são os tipos e aplicações da fibra óptica?

A fibra óptica mudou a maneira como a internet chega em nossas casas e trabalhos. É impossível pensar nossa rotina hoje sem a praticidade dessa tecnologia de internet fibra ótica residencial e internet fibra óptica comercial. Mas o que muitos não sabem é que existem diversos tipos e aplicações para esse material.

Do que é composta a fibra óptica?

Ela é composta de três elementos. O principal deles é o núcleo, que é por onde passa a luz sem nenhuma interferência. Ao redor dela podemos perceber a interface. Essa camada possui um material óptico que espelha a luz para o núcleo.

Ao redor dessas duas está a capa protetora. É ela que garante que nada irá afetar a transmissão que está ocorrendo nas partes internas. As capas são fabricadas com materiais resistentes e que garantam a proteção e durabilidade necessária para a fibra óptica.

Quais são os tipos de fibra ópticas?

A grande maioria da indústria utiliza dois tipos de fibra óptica: multimodo e monomodo. Apesar de possuírem nomes bem parecidos, cada uma conta com características distintas, tanto na largura do seu núcleo, quanto no seu funcionamento.

As características da fibra monomodo são um diâmetro menor no núcleo e maior no entorno. Isso faz com que haja menos perda de luz devido à reflexão, que se dá de maneira direta.

Por outro lado, a fibra Multimodo é maior no núcleo, mas conta com um revestimento menor. Essa característica física faz com que ela tenha um funcionamento diferente, uma vez que o seu feixe de luz pode ser inserido em varias frequências gerando assim vários reflexos. Essa maior capacidade de tráfego em curta distância faz com que, por exemplo, ela seja mais usada em data centers.

Fibra Óptica: Versatilidade

Principais aplicações da fibra óptica

Internet
Sim, não tinha como começar a nossa lista sem falar da internet por fibra óptica. Isso porque, após a aplicação dessa tecnologia na telefonia, com a interligação de centrais telefônicas entre outras, a internet também pode usufruir dos avanços com conexões mais rápidas, estáveis e em distâncias que eram impensáveis antes dela quando a internet tradicional ainda era a única maneira de conexão.

Cabos submarinos
Antigamente os cabos que ficavam no fundo dos oceanos eram os coaxiais, comuns para quem tem ou teve antena de TV externa em casa. Mas o principal problema deles é que eram necessários repetidores a cada 5 ou 10 km. Com a utilização da fibra óptica essa distância passou a ser de 100 km em média.

Medicina
A fibra óptica não apenas te deixa assistir Netflix, ela também ajuda a salvar vidas. Ela possui inúmeras aplicações neste campo, variando do diagnóstico até mesmo cirurgias.

Um ponto importante para a medicina é que por conta dos raio-X presentes nos hospitais, a fibra óptica se torna uma excelente opção por não sofrer interferências desse tipo de material.

TV a cabo
Se o sinal vem pelo cabo pode ter certeza que a fibra óptica é a principal opção das operadoras desse serviço. Pelos mesmos motivos já citados anteriormente, essa é uma das formas de utilização conhecidas pela população. Elas apresentam uma qualidade infinitamente superior do que as tradicionais antenas e além disso podem incluir outros serviços junto, como internet e telefone, em apenas um cabo.

Gostou de conhecer um pouquinho mais sobre a fibra óptica e as principais aplicações dela? Essa forma de conexão realmente mudou o mundo como conhecemos e ainda tem muito para nos ajudar.

Agora conheça esses benefícios na prática!

< Voltar